outro de tolo

a doença de escolher as palavras erradas

a influência febril de culpar e ser culpado

a essência do ser perdida na face desfigurada

a potência nihil e a fé longe do meu lado

quero meu lítio

quero meu litígio

quero que você veja meus cortes

quero alguém para dividir meu corpo

quero alguém para segurar meu copo

quero alguém que me fale de mortes

o outro me testa

o outro me tenta

o outro me machuca

o outro me faz

querer outro

fim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s