claustrofobia

quero respirar

mas você não deixa

a porta você fecha

o poeta você encurrala

preciso de oxigênio

deixe eu sair da sala

não é o fim mas o meio

para alguma ilusão de controle

mas você não deixa

me morde

me estapeia

sou feto sendo enforcado

pelo cordão umbilical

do amor adoentado

pelo diabo angelical

ar

ar

ar

por favor

eu imploro

não me mate

antes de eu me

matar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s