amor e tnt

Não importa quem te adula

Meu sangue não coagula

Pesadelos nos quais te vejo

No lugar de onde te escrevo

Te vendo sorrir em família

Não recordo de ter uma bíblia

Para acusar religiosamente

Salomão de ser rei

Satanicamente

E nem honrar

Os filhos de Jesus

Que buscam dar a luz

No banheiro mais sujo

De um antigo bar

Antigamente estava morto

Agora quero matar

Fiz o que pude

Contra o ciúme

Mas atormenta

Quando há tormenta

Em uma chegada

De frente fria

Quando o suor

Do teu sangue

É o calor que eu mais

Queria

Contrario a terapia

De seguir a vida

Como você fez

Com certa covardia

Mas não há

Covardia maior

Que sonhar

Em ter você

E digitar

O que deveria ser

A dor segue

A saudade segue

Você segue

Já a palavra

Cega

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s