apes

O visual lisérgico do planeta dos macacos que atropelou a mente dos mais fracos. Os bebês imperam seus gritos de maturidade. LSD é só mais um doce entre as inúmeras substâncias que tentam me distrair da minha própria dor. Uma hora vou me encontrar quebrando garrafas de rum e dizendo foda-se ao paraíso e às pessoas mesquinhas e aproveitadoras. Depois passarei cinco dias deitado na cama em profunda depressão, remoendo culpa e verniz de falta de esperança. Mas, naquele momento, o ápice do prazer precedeu a tirania do medo do ser humano medíocre. Tenha estilo na fuga. Seja a serpente que te devora. Você não é muito mais do que um primata assustado e corroído com suas pequenas certezas de quem quer mostrar ser o que não é. E nem digno de se matar você pode ser. Você é a pedra imóvel na praia. Você é o primata que se desespera longe da sua cama. Você é sua prisão. E eu só quero que você limpe seu carro que não foi comprado com seu dinheiro, tire os óculos escuros que supostamente enobrece suas pupilas e foda-se no caminho roto da sua suposta grandiosidade perversa. Engula o sangue pisado da grande mentira que você é.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s