a busca pelo exagero

Lacan-smoking-2

a busca incessante pelo exagero
pode ser algo que eu copiei de alguém
talvez vários retalhos de antigos
gurus da minha ausência
de personalidade própria

nessa reflexão
vejo bukowski
vejo raul
vejo arnaldo baptista
vejo syd barrett
vejo jim morisson
vejo gente morta
ou debilitada

a minha responsabilidade é
que hoje eu busco incessantemente
tudo que possa ser o extremo

a droga que possa causar malefício
o ponto excessivo do prazer
os limites que não estão delineados
o mais infernal rebote de dor
a culpa mais verme e asquerosa
o poder mais divino da ketamina

as palavras que eu arrisco riscar
que chegarão no seu ouvido
cheio de cera e de serás
e de um descompassado
sutil e velado
apaixonado e roto
brado de negação

e os lacans dos meus
travesseiros fétidos
buscarão respostas
para tanta falta
de responsabilidade
na busca sádica
pelo extremo
do seu amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s