o amor é filme

lisbela

estive pensando
os deuses devem estar loucos
todas às vezes que divago
de volta para o futuro
enfrento o mundo
de olhos bem fechados
certo da minha
inteligência artificial
e da quebra do ego para ser
o iluminado
em que pese sermos
condenados pelo vício
eu não me importo com
os outros
e embora eu não esteja
curtindo a vida adoidado
obrigado pelas
lendas da paixão
e de toda a filmografia de
quando um homem ama uma mulher

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s