magia negra

estradase quero
desejo
projeto
consigo

a magia negra
de querer uma
mulher específica
gerou como retorno
a minha total inabilidade
de lidar com esse peso
e a minha completa
destruição

vivendo a distopia
pós-apocalíptica
percebo
que ofendi
o livre-arbítrio
de quem amava
por muito
desejar

gerei
caos energético
no universo
com
vontades
ignorantes
incompletas

prejudiquei
indistintamente
quem estava
no caminho
da minha
pretensão

peço
perdão

entendo
agora
o que é
amar
sem
querer
ter

amo

por
existir
o hiato
que ficou

4 comentários

    • Livre-arbítrio não temos de fato! Mas veja que tudo é um processo. É inevitável desejar alguém em algum momento da vida com a conotação do poema. As consequências chegam um dia. E é o aprendizado que nos faz evoluir. Todos nascemos para satisfazer nossas vontades, mas vamos descobrindo que há muito mais que isso com o tempo e com a experiência.

      Curtido por 1 pessoa

      • Concordo. São distrações que nos ensinam sobre nossa natureza. E quando transcendemos os desejos carnais e tocamos o espiritual é porque percorremos o caminho. Tem aqueles que conseguem transcender ao ver a história do outro ou palavras de sabedoria. Eu, no entanto, tive toda minha vida que viver na pele. Receber informações do alto e do profundo ao mesmo tempo. Por isso escrevo. Rs… Obrigado por visitar.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s