miles davis

miles.jpgvocê coloca Miles Davis. na primeira nota o trompete faz você se arrepiar como se antecipasse um orgasmo inesperado ou percebesse a aproximação de espíritos guardiões acoplando nos seus chakras.

você entende a madrugada e suas luzes, sombras e silêncios interrompidos por carros distantes, lanternas perdidas nas paredes e sirenes tresloucadas.

você entende a melodia. você entende o vazio da xícara de café e a existência cruel do espaço infinito de sua cama entre a fronteira dérmica e sorumbática do seu corpo e o lado oposto incompleto.

você quer dormir. a melancolia é uma passageira antiga nessa caminhada, mas os sentimentos não se encaixam nos pensamentos. há sempre algo distante, algo de chuva, algo de gélido, algo não cicatrizado.

você sempre terá Miles Davis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s