the duke na pele

duke-ellington-intimate3ouço duke ellington logo cedo
pego minha pemba virtual
e procrastinando percebo
que não importa se você
está distante assistindo
o fim da aurora boreal
eu posso te alcançar
com minha energia
ruidosa e mágica
mas não quero
transformo
o que era
amor
em
ponto
digitado
deixo viver
fico necrosado
compreendendo
que há muito mais
notas em piano de jazz
do que as que eu conheci
nas teclas imantadas da tua
tenra, saborosa e negativa pele

3 comentários

  1. apesar do concretismo não ser das vanguardas minha predileta, aprecio poemas visuais e adoro simetria. não houve muita variação no tema dos poemas anteriores e posteriores, mas você consegue transmitir o buraco que nos deixam no peito melhor que muitos praticantes da escrita por aí. continue escrevendo, não importa sobre o que, pois o importante é seguir buscando…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s