a companhia certa

reticenciasnão adianta
eu ter a companhia
da garota mais formosa
e carinhosa do mundo
se eu não sei
amar
e
ser amado

não importa
a cor do cabelo dela
o tom macio de sua voz
se eu vou me fechar
com minha dor
de temer
perder
e
ser deixado

adianta eu aprender sozinho
a não me adiantar
à perda

por fim
compreender o meu caminho
que não há posse
de ninguém
apenas
parceria
de estrada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s