o que se aguenta

o que se chama
é o que se aguenta
o que se invoca
é o que precisa

na melhor das intenções
no fogo cruzado
das respostas evasivas
é fogo que se quer
mas apenas
uma centelha
é capaz de fulminar

não se quer mais fogo
não aquele
não este
agora tudo é secundário
se faz passado
o que era calendário
dias atrás
havia um futuro
ordinário

agora se quer
o que se pede
o que se aguenta

não sabemos
o que virá
mas as costas
aguentam o peso
dessa cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s