animais

não adianta esquecer
nossa origem
somos animais

não é porque
você pensa
que você deixa
de sê-lo
não é porque
você sente
que você deixa
de sê-lo

você só deixa
de sê-lo
quando transcende

e para isso
é necessária muita
dor

o que eu amo
não importa
quem eu desejo
não importa
eu
não importo

passo a vida toda
satisfazendo meus desejos
animais
desejo de amor
desejo de dor
desejo do outro
desejo de fuga
desejo de morte

o caminho
da transmutação
é lembrar todo dia
de não ser
em absoluto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s